Um inventário judicial pode ser convertido em extrajudicial?

Sim. Visando agilizar a conclusão do inventário judicial, este pode ser convertido em inventário extrajudicial nos seguintes casos:

  • se houver testamento, este inicialmente precisa ser homologado pelo juiz, ou seja, inicia-se na esfera judicial, mas depois pode ser levado para conclusão em cartório (extrajudicial);

  • se os herdeiros iniciaram o inventário de forma judicial porque inicialmente não estavam em acordo com a divisão e posteriormente entraram em acordo, é possível converter o inventário judicial em extrajudicial, removendo do judiciário e transferindo para um cartório;

  • quando menores de idade no decurso do processo judicial atingiram a maioridade legal ou quando pessoas inabilitadas retomaram suas capacidades mentais, desde que receberam alta médica, devidamente comprovada através de laudo;


Porém, isso só é possível desde que todos os outros pré-requisitos de um inventário extrajudicial sejam atendidos.


#direitoCivil #direitoDeFamília #inventário #perguntasRespostas


Escritório de advocacia especialista em inventário responde as principais dúvidas dos herdeiros

Receba novidades sobre seus direitos: